Dr. Wilson Morikawa Jr.

Neurocirurgião especialista na cirurgia da doença de Parkinson - Dr. Wilson Morikawa Jr.

Doença de Parkinson

11 principais sintomas da Doença de Parkinson

A Doença de Parkinson acomete, sobretudo, pessoas acima dos 60 anos de idade, embora alguns jovens também sejam afetados com sintomas de Parkinson precoce.
A condição neurodegenerativa traz alterações motoras e não-motoras, que passam a dificultar progressivamente o cotidiano dos pacientes.
Apesar do Parkinson ser comumente associado aos tremores nas mãos, seu sintoma mais característico é a bradicinesia. Conheça os principais sintomas da Doença de Parkinson.

Como descobrir se uma pessoa tem Parkinson?

Os primeiros sintomas do Parkinson costumam ser sutis, de maneira que alguém que não convive diariamente com o paciente mal consegue notar diferenças em seu comportamento. Porém, se um indivíduo passa a sofrer com os 11 seguintes sintomas, recomenda-se que um neurologista seja consultado:

Existe algum exame para detectar o Parkinson?

O diagnóstico de Parkinson é feito a partir do histórico do paciente e da análise do neurologista. Um dos exames que pode auxiliar no diagnóstico do Parkinson é a ressonância magnética (RM), que permite a observação do cérebro em alta resolução, bem como a identificação de possíveis lesões causadas pela neurodegeneração.
Outros exames de imagem também podem ser solicitados. Dentre eles está o TRODAT utilizado para avaliar o sistema dopaminérgico e pode ser útil auxiliando o diagnóstico do mal de Parkinson.

Caso tenha outras dúvidas agende uma consulta ou entre em contato nos nossos canais de atendimento e deixe o seu comentário.

Dr. Wilson Morikawa Jr.

Publicado por: Dr. Wilson Morikawa Jr. – Neurocirurgião – CRM 163.410 RQE:101438.
Neurocirurgião de São Paulo especialista no tratamento da Doença de Parkinson e outros distúrbios do movimento.

Compartilhe:
Tags:
Bradicinesia, distúrbio do movimento, Doença de Parkinson, Sintomas Parkinson, Tremores

5 respostas para “11 principais sintomas da Doença de Parkinson”

      1. Ola Jesus Carazzatto!
        A cirurgia para doença de Parkinson, quando bem indicada, pode ajudar muito na qualidade de vida dos paciente principalmente melhorando a função motora.
        Os valores precisam ser cotados e depende de algumas variáveis que devem ser discutidas com o seu médico.

      2. A cirurgia para doença de Parkinson é indicada para melhorar principalmente os sintomas motores do paciente. Desta forma, ela visa melhorar a qualidade de vida e ao ganho de independência ao doente. O valor da cirurgia varia a depender de onde será realizado o procedimento cirúrgico e quais materiais serão necessários. A melhor forma de saber o preço da cirurgia é entrar em contato com o seu médico para determinar os valores.

    1. Ola Joneci,
      O tratamento para doença de Parkinson é multidisciplinar. É necessário que o seu médico avalie de forma personalizada quais medicamentos terão melhor resposta para o seu caso e além disso, é importante o acompanhamento com fisioterapia motora e fonoaudiologia. A cirurgia para o implante do Chip, por ser segura e efetiva, pode ser uma alternativa importante em alguns pacientes e deve ser avaliada em conjunto com a equipe médica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agendar Consulta
1